Ceco é uma parte do intestino grosso e ajuda na absorção de fluidos. Este artigo diz mais sobre as funções ceco. Leia mais ...
1

Função do ceco

Ceco é uma parte do intestino grosso e situa-se entre íleo e o cólon ascendente. O ceco é uma estrutura de embalagem do tipo que está ligado ao intestino delgado e que também tem o apêndice a ele  ligado. A abertura de intestino delgado para o ceco é regulado pela válvula ileocecal  que regula a entrada de alimentos e interrompe qualquer material digerido de re-entrada no intestino delgado.

Sendo parte integrante do sistema digestivo, ceco é encontrado na maioria dos amniotas  que inclui anfíbios, répteis, aves e mamíferos. O ceco abriga as bactérias úteis que auxilia na decomposição de material vegetal, principalmente de celulose. Em carnívoros  a função de ceco não é muito importante  e é frequentemente visto ter reduzido em tamanho, às vezes até mesmo totalmente substituído pelo apêndice.

Qual é a função do Ceco?

Ceco é uma parte vital do sistema digestivo e tem inúmeras funções na digestão. Aqui é a informação sobre a função do ceco na digestão e absorção.

Digestão
O ceco abriga um grande número de bactérias que ajudam na digestão de materiais vegetais, celulose, principalmente, que permanece não digerida no estômago e intestino delgado. Isto é feito pelo processo de fermentação que ajuda a quebrar as fibras de plantas. Os nutrientes a partir de celulose são depois absorvidos  pelo intestino grosso.

Absorção
O ceco ajuda a receber os alimentos não digeridos  bem como líquidos a partir do intestino delgado. À medida que o intestino delgado não absorver o líquido  que se torna a função do intestino grosso na digestão. Uma das funções do ceco é a absorção de sais e de electrólitos  principalmente sódio e potássio, de volta para o corpo. O ceco é feito de tecidos musculares  que dirigem  os resíduos de alimentos. Isto é feito com a ajuda de membrana mucosa que reveste o ceco. Estes sais são necessários para manter o equilíbrio electrolítico no corpo e assim  são absorvidos a partir do intestino.

Lubrificação
O resíduo sólido que é passado para o ceco a partir do intestino delgado  é lubrificadao por o ceco. O ceco é revestido por uma grossa membrana mucosa que produz muco. Este muco é misturado com o resíduo sólido para lubrificar-lo. Isto é necessário porque os líquidos são quase totalmente absorvidos  no intestino grosso e para passar o resíduo sólido ao longo do intestino grosso facilmente  torna-se extremamente importante para lubrificar-lo.

Qual é a função do Ceco em Animais

Nós já sabemos que ceco ajuda na digestão do material vegetal. O ceco em animais herbívoros é uma estrutura desenvolvida  desde a sua ingestão de alimentos é principal das plantas. As casas ceco cerca de 70 diferentes tipos de bactérias que ajudam na digestão de poli-sacarídeos, ou seja  as fibras alimentares em ácidos graxos de cadeia curta. Isto ajuda na absorção fácil de nutrientes. Nos ruminantes  o ceco é alargado  e actua como um órgão de armazenamento. Isto dá bactérias mais algum tempo para digerir a celulose adequadamente. Este ceco tem apenas uma abertura que permite alimentar dentro e para fora do mesmo. Em porcos e coelhos ceco ajuda na digestão de celulose.

Isso foi tudo sobre o que é cego, a sua localização no corpo e sua função. Como sabem agora o  ceco ajuda na digestão de celulose e de absorção de sais e de electrólitos provenientes dos resíduos. É também lubrifica os resíduos sólidos. Uma vez que ceco apenas actua como uma entrada para o intestino grosso   é essencial para a digestão e saúde geral do sistema digestivo. Esperançosamente, este artigo em função do ceco deve ter lhe dado informações expeditas.

1

One thought on “Função do ceco

  1. celeste aparecida stein mesquita on

    Bela explicação do que é ceco (me desculpem, total ignorante das funções do nosso organismo). Obrigada pelas explicações.

    Pois é: Submetida a colonoscopia a pedido do médico pactologista. Sofri diverticulite quatorze ANOS atrás (necessário tratamento com antibióticos somente). Dez MESES atrás tive um “abcesso abdominal” que achou caminho pela vagina. Tratamento hospitalar de sete dias (antibioticos, etc., intra venoso (?) e mais sete dias em casa via oral. Resultados positivos de acordo com o médico que me assistiu e disse claramente que não tinha conecção com a diverticulose. (?), que foi o resultado de uma bactéria. O resultado da colonoscopia diz: 1) Doença diverticular dos colons. 2) Lesão de aspecto subepitelial do ceco, que foi biopsiada. Estou com muito receio. Volto ao pactologista somente no dia 16/2/17.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *