Vesículas seminais são uma parte da anatomia masculina reprodutiva. Saiba tudo sobre a função da vesícula seminal, passando pelo artigo seguinte e as informações contidas neste documento.
0

A função da vesícula seminal

O sistema reprodutivo masculino  embora seja diferente do sistema reprodutor feminino é ainda mais complicado como o último. Existem muitos órgãos que compõem o sistema reprodutivo masculino. A função mais importante do sistema reprodutivo masculino é produzir o fluido seminal. Este fluido seminal ajuda a transportar os espermatozóides fora do corpo após a ejaculação. Este fluido seminal é produzido no órgão interno do sistema reprodutivo masculino  chamados as vesículas seminais. A vesícula seminal é também chamado glandula vesiculosae ou vesicular glândulas. A função da vesícula seminal é bastante simples  mas muito importante. Neste artigo  iremos estudar a função da vesícula seminal em detalhe.

Onde estão as vesículas seminais localizadas?
Vesículas seminais estão ligadas aos canais deferentes que são longos, tubos musculares que levam os espermatozóides maduros para a uretra para a ejaculação. Assim, a localização das vesículas seminais é atrás e abaixo da bexiga dentro da pelve.

Qual é a anatomia das vesículas seminais?
Vesículas seminais são cerca de 5 cm de comprimento quando enroladas para cima no interior da estrutura glândulas. Quando se abre  a sua extensão  mede cerca de 10 cm de tamanho. O ducto excretor da glândula seminal entra na próstata uma vez que abre para os canais deferentes.

Qual é a função das vesículas seminais?
Existem muitas funções das vesículas seminais. A primeira função das vesículas seminais é a secreção de grandes quantidades de um fluido que se transforma em sémen. Cerca de 65% do fluido seminal em seres humanos é produzido pelas vesículas seminais. Em seguida, o fluido seminal é alcalino na natureza  que faz com que o sémen para ter um pH alcalino. Isto é muito importante como o trato vaginal é ligeiramente ácido na natureza. Assim, quando o sémen é depositado na vagina  a alcalinidade ajuda na neutralizar a acidez do tracto vaginal. Quando isso acontece  os espermatozóides têm uma chance melhor de sobreviver e alcançar o óvulo para fertilização.

Observa-se o sêmen é geralmente bastante pegajoso e gelatinoso de consistência quando ejaculado. Esta pegajosa, gelatinosa natureza do sêmen é pensado para ajudar a manter os espermatozóides perto da boca do ventre e não escorregar para fora da vagina. Assim, aumentando as chances de fertilização. Além de aumentar as chances de fertilização  secreations vesículas seminais também ajudam a fornecer alimentação para os espermatozóides. O fluido de certa espessura  contém proteínas, muco, vitamina C, flavinas, fosforilcolina, prostaglandinas, frutose e enzimas. A frutose é suposto fornecer energia para os espermatozóides ao nadar em direção ao óvulo. No entanto, verifica-se  em muitas ocasiões os espermas não toquem o fluido da vesícula seminal. Assim, as implicações fisiológicas de fluido seminal vasicular são ainda pouco claras.

Isso tudo foi a função da vesícula seminal sobre. Estas bolsas em forma de saco produzem um fluido que é rico em fructose. Assim  ajuda no fornecimento de energia para os espermatozóides. Além disso, produz um líquido espesso que torna-se uma percentagem significativa do sêmen ejaculado. Isto mostra a função da vesícula seminal que é muito significativo quando se trata de fertilidade do sistema reprodutivo masculino.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *