A úvula bífida é uma projecção saliente macio, no meio do palato mole, em que o tecido conjuntivo se junta para formar musculus uvulæ e glândulas racemosas. Informe-se sobre o que acontece quando se tem esse amassado úvula, e como isso pode prejudicar determinadas funções ...
0
 

Úvula bífida

A úvula bífida é o estado quando a úvula é apresentada em forma de uma estrutura bifurcada, i.e. é dividida no centro. A úvula está localizada direitamente na parte traseira da garganta, em frente das amígdalas e faz parte do palato mole da boca. O estado de úvula bífida em crianças é um fenômeno comum, que os médicos notam após a inspeção. É também chamado de úvula palatina, e tem sua origem no desenvolvimento do feto no útero, quando os respetivos tecidos não conseguiram formar uma peça fundida, mas sim ficaram divididas no centro. Esta situação não ocorre com freqüência, mas se for o caso, será considerada como uma deformidade ligeira na área buco-nasal. Os americanos indígenos são altamente predispostos a ter uma úvula bífida. Diz-se que a úvula bífida é um sintoma comum da síndrome genética chamada Loeys-Dietz, que está ligada a uma situação de aneurisma da aorta, a qual é um inchaço da aorta.

Como identificar a úvula bífida

A síndrome da úvula bífida pode ser associada a um estado chamado “fissura labiopalatal”, e é mais frequentemente observada em pessoas que têm uma fenda palatina ou lábio leporino. Se alguém falar em um tom nasal, deve ser submetido ao exame médico para confirmar ou rejeitar a fissura de palato submucosa. É uma fina tira de revestimento, mesmo no centro, na borda do palato duro, e pode ser sentida com o próprio dedo. Porém, algumas crianças podem não ter nenhuma fenda na sua boca mas mesmo assim ter os problemas semelhantes aos de uma fenda palatina. Neste caso testes adicionais serão requeridos tais como: nasofaringoscopia e um exame de raios-x para avaliar o interior do nariz e para examinar o palato. Outros problemas que ocorrem com uvula, incluem uma a infecção uvular e até mesmo casos de inchaço da úvula, quando ss pessoas precisam de atenção médica.

Úvula bífida:genética e problemas

A úvula bífida geralmente está em forma de forquilha, mas pode variar de uma pessoa para outra. Este problema não é tão sério como a úvula plenamente indesenvolvida. Mas mesmo assim pode causar certos problemas médicos, como;

  • Aneurisma da aorta.
  • Prejuízo ao discurso.
  • Infecções de ouvido médio.
  • O palato mole pouco desenvolvido pode fazer com que os alimentos / líquidos entrem para dentro da cavidade nasal. Outro problema – o palato não entra em contacto com a parte traseira da garganta, provocando dificuldades em engolir, uma vez que a pressão para empurrar os alimentos vai para cima, em vez de ir para baixo.

Uma fissura de palato submucosa é um estado quando o palato mole de sua boca tem uma fenda, isto é, uma divisão na úvula. Falta-lhe o tecido muscular necessário para se desenvolver plenamente e é como eu disse antes, associado a uma úvula bífida. A úvula bífida, em alguns casos é hereditária, e há pessoas que vivem suas vidas sem nenhuns problemas acima mencionados.

Tratamento da úvula bífida

Independentemente de ter a fenda palatina tratada, os que têm este problema experimentam anormalidades em falar, já que o ar costuma sair pelo nariz, não permitindo que a voz dé certo. Aqui estão algumas maneiras diferentes em que você pode resolver problemas de úvula bífida.

  • Fonoaudiologia pode ajudar ao seu filho /a você depois de confirmar o problema pelo respetivo diagnóstico. O tratamento é treinar o palato a travar o ar vindo através do nariz, i.e. resolver o problema chamado incompetência velofaríngea (VPI) de moso possível.
  • Consulte um médico, para problemas relacionados a infecções de ouvido. Ele / ela pode receitar antibióticos ou inserir dentro do tímpano um aparelho chamado o tubo de ventilação que é uma operação cirúrgica para ajudá-lo a ouvir e falar melhor.
  • Um dentista  também pode ajudar colocando um aparelho chamado o palato artificial, para ajudar reduzir as consequências do problema de fissura de palato submucosa.
  • Como podemos ver, você poderá optar por solução cirúrgica do problema ou resolvé-lo através das atividades de terapia.
  • Um consultor de alimentação pode aconselhar algumas técnicas especiais para ajudar você ou seu filho a lidar com problemas de deglutição.
  • Um procedimento avançado para corrigir cirurgicamente esse problema pode ser a reconstrução dos tecidos anormais da úvula bífida, por coloçação de uma aba da faringe. Esta operação é conhecida como faringoplastia. O referido procedimento cirúrgico sempre é feito por uma equipe profissional  de cirurgiões e de certeza vai ajudá-lo a falar melhor.

Lidar com uma úvula bífida parece drástico em termos de viver com ele, mas a maioria das pessoas com uma não mostram sinais de nenhum dos problemas mencionados aqui. A patologia afeta apenas uma pequena porcentagem de pessoas e é capaz de ser herdada. Boa sorte.

0
 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *