Chuva urina durante a gravidez é mais inofensivo, que muitas vezes é causado devido a alterações hormonais e modificações dietéticas. No entanto, a intervenção médica é necessária para alguns casos de urina turva durante a gravidez precoce e tardia.
0

Urina turva durante a gravidez

Desde o dia em uma mulher concebe um bebê, certos sintomas físicos e mentais estão em exposição até o parto. Mudança no aspecto da urina durante a gravidez é uma das condições comuns, que acontece em mulheres grávidas em todo o mundo. Felizmente, causas de urina turva são temporárias e inofensivas em maioria dos casos. Mas, se alterações em cor e em odor da urina forem observadas durante alguns dias seguidos, elas não devem ser negligenciadas a todos os custos.

É normal ter urina turva durante a gravidez?

Todos nós temos uma boa noção sobre a cor normal da urina. Urina normal é clara, quase transparente ou ligeiramente amarelada e não tem algum odor. Qualquer alteração nestes critérios de urina pode sinalizar de certos problemas médicos. O aspeto turvo da urina durante a gravidez é bastante normal. Se a mudança de cor da urina ocorrer fora de gravidez, poderá indicar situações preocupantes de saúde. Para a maioria destes casos, a causa essencial de urina turva é  o consumo de certos de alimentos, e a situação pode ser corrigida rapidamente excluindo estes alimentos da diéta diária.

Em outros casos, a urina turva com odor desagradável junto com a micção freqüente pode sinalizar de infecções na bexiga e no trato urinário. De acordo com dados médicos, cerca de 2-4 por cento de mulheres têm a infecção do trato urinário (ITU) durante a gravidez. Assim, é indispensável ter o problema esclareciso por um médico de confiança. Sintomas mais comuns ​​de ITU durante a gravidez são ardência e dor no momento da micção, presença de mucos na urina, desconforto abdominal e dor na região pélvica.

O que causa a urina turva durante a gravidez?

A maioria dos sintomas manifestados na gravidez acontece devido a flutuações hormonais causadas pela concepção. Da mesma forma, urina turva durante a gestação é causada parcialmente pelas alterações hormonais no organismo. Modificações em diéta junto com alterações em níveis hormonais são principais razões para a urina turva em mulheres grávidas. Enquanto em maioria dos casos estas não devem ficar preocupadas com o estado da sua urina, há situações que exigem intervenção médica atempada para assegurar o resultado positivo da gravidez.

Quanto a urina matinal tiver cor turva, poderá ser o sinal de uma refeição pesada de noite antecedente. São os cristais de fosfato que aumentam a sua quantidade após a refeição e resultam em urina turva. Esta é uma situação temporária e não há necessidade de se preocupar. Provavelmente, a cor da urina normal será restaurada dentro dos próximos dois dias.

Além do tamanho da porção, os tipos de alimentos incluídos na dieta durante a gravidez são também responsáveis por causar urina turva, especialmente no início da gravidez. Alguns alimentos que provocam mudanças em cor da urina são o leite e produtos lácteos, beterraba, espargos, suco de laranja e frutas. Estes produtos alimentares depois de entrarem no trato digestivo provocam a acumulação de cristais de fosfato, que são expelidos através da urina e causam a mudança de cor desta.

Uma outra causa de urina turva em mulheres grávidas é a contaminação de urina por corrimento vaginal. Em norma o corrimento vaginal é transparente e não tem qualquer odor. Se o corrimento for colorido e tiver o mal cheiro é um sinal de  preocupação. É evidente que quando misturado com a urina este tipo de corrimento vaginal é capaz de alterar a cor da urina. Proteinúria ou proteína na urina durante a gravidez é também uma causa provável para urina turva. Para ser mais exato, o excesso de proteínas pode causar a urina turva somente em estágios avançados de gravidez.

Outra causa de urina turva é a desidratação. Esta condição não é restrita, e pode ser observada não só em mulheres grávidas, mas em qualquer pessoa, inclusive os homens também. Para combater a urina escura durante a gravidez, deve-se beber bastante água e outros líquidos. Se não o fizer, o problema agravar-se-á, e poderá resultar em complicações médicas graves, que por sua vez são perigosas tanto para a mãe como para o feto.

Entre outras causas de urina turva em mulheres grávidas podem ser alergias alimentares, efeitos colaterais de medicamentos e doenças sexualmente transmissíveis (gonorréia, por exemplo). Quando identificadas em fases iniciais, infecções podem ser tratadas rapidamente sem efeitos secundários. Para estar mais seguro, não hesite em buscar o atendimento médico particularmente quando sofrer de urina turva por mais de 2-3- dias durante a gravidez. O médico irá examinar os sintomas físicos (se houver) e anamnese junto com o plano de dieta. Na base do estado de saúde atual e de resultados de diagnóstico, opções de tratamento adequadas serão recomendadas para o paciente.

0

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *