Tireóide inativa em homens, com idade acima de 50 é comum e ocorre quando a glândula tireóide produz hormônios em quantidades inadequadas.
0

Tireóide inativa

Uma glândula endócrina em forma de borboleta localizada no pescoço, que cobre uma parte da traqueia é conhecida como a glândula tiróide. Embora essa glândula tiróide parece ser muito pequena, o seu funcionamento normal é muito importante para o controlo de vários processos biológicos em nosso corpo. A glândula tireóide é responsável pela produção de dois hormônios, tiroxina (T4) e triiodotironina (T3). A glândula endocrina regulariza a taxa metabólica e controla a temperatura do corpo com ajuda destes hormônios, e é evidente que a produção deles em quantidades suficientes é essencial para funcionamento normal de várias funções corporais. No entanto, um dos problemas da glândula endócrina, conhecido como tiróide inactivo, pode causar perturbações a nível de produção de hormônios tiroideias, levando eventualmente a uma grande variedade de problemas de saúde.

O que é um tireóide inativa?
Além disso, referido como hipotireoidismo, é um estado em que a glândula tiróide é incapaz de produzir as hormonas em quantidades suficientes. Como resultado, os níveis destes diminuem consideravelmente. Geralmente a produção de hormônio tiroxina verifica-se abaixo dos níveis normais, devido a mudanças drásticas em hormônios T4 eT3. Uma vez o hormônio da tireóide  não está sendo produzido em quantidades necessárias, os vários processos corporais que dependem deste ficam prejudicados.

Os sintomas
O corpo não apresenta sintomas imediatamente, começando a reagir somente quando os níveis de hormônio da tireóide demostram o desvio considerável da sua faixa normal. Portanto, os sintomas  de hipotireoidismo aparecem de forma gradual. Por exemplo, a atividade física moderada faz com que a pessoa se sente extremamente cansada. Além do cansaço proveniente do trabalho físico, a pessoa sente ataques freqüentes deste  durante o dia sem qualquer motivo. Movimento intestinal irregular, que leva à obstipação, é também uma indicação de baixos níveis de hormônio da tireóide. Uma outra preocupação é o cabelo que se torna frágil e mesmo pode ser perdido rapidamente devido à atividade baixa da glândula endocrina. Distúrbios hormonais da glândula endocrina também podem levar ao ganho de peso inexplicável. Muitas vezes, a mudança de peso é acompanhada por dores musculares e rigidez articular.

Causas

Tireoidite de Hashimoto
Esta patologia refere-se ao inchaço da glândula tiróide. Esta inflamação é um resultado da invasão do próprio sistema imunológico do organismo no funcionamento dos tecidos da glândula tireóide. O sistema imunológico ataca a glândula tireóide e esta última perde a capacidade de produzir hormônios necessários em quantidades adequadas. A tireóide inflamada é capaz de causar dor ao engolir os alimentos. Uma das razões para o surgimento desta doença é a vulnerabilidade genética.

Danos a glândula tireóide
Estes podem ocorrer quando o tratamento do hipertiroidismo é continuado por períodos de tempo prolongado. Hipertireoidismo, um estado de produção excessiva de hormônios da tireóide muitas vezes é tratado com medicamentos anti-tireóide. No entanto, o uso prolongado desses medicamentos pode contribuir em deativação definitiva da glândula tireóide e a pessoa pode sofrer de hipotireoidismo para o resto de sua vida.

Radioterapia
Observa-se que tumores cancerosos que ocorrem na área do pescoço são geralmente tratados pelos raios especiais que estão aplicados sobre a zona afectada. Este procedimento ajuda a matar as células cancerosas, bem como impede um maior crescimento dessas células perigosas. No entanto, a radiação pode destruir parcialmente a glândula tiróide, o que eventualmente faz com que surge o hipotiroidismo.

Deficiência de Iodo
Os níveis de iodo normais desempenham um papel muito importante para regular a função da glândula tireóide. Uma dieta pobre em iodo é um fator que contribui em produção insuficiente de hormônio da tireóide. Isto é porque a glândula tiróide faz uso de iodo para produzir hormona da tiróide.

Tratamento
Para normalizar a produção do hormônio tireoidiano, é recomendado o consumo oral de comprimidos que contêm hormônios T3 e T4 sintetizados de modo artificial. O doente pode também tentar remédios naturais contra hipotireoidismo para restaurar os níveis de tiróide normais.

Em geral, tomar medicamentos orais em dose certa é a chave para combater os sintomas de níveis baixos de tireóide. Infelizmente, os danos à glândula tireóide são irreversíveis, portanto, estes comprimidos têm de ser tomadas ao longo da vida para assegurar os níveis adequados de hormônios tireoidiano.

0

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *