Enquanto estava em frente ao espelho com a boca aberta, você já se perguntou sobre essa coisa pendurada no telhado de sua boca? Bem, essa é a úvula. Úvula problemas surgem devido a várias razões. As razões são aqui mencionados, acompanhada de medidas de tratamento que poderia ser chamado para.
0
 

Problemas da úvula

Úvula é uma projeção carnuda de tecidos localizada na parte posterior da boca, perto do ponto de origem da língua. É situada na borda traseira – um lóbulo – ficando pendurada a partir do centro do palato mole. É composta por tecido conjuntivo e contém uma série de glândulas racemosas e fibras musculares em pequenas quantidades. Em termos dos órgõas vizinhos, a úvula é uma estrutura localizada perto das amígdalas e da epiglote. Os ensaios científicos dizem que a úvula tem uma função vital, já que permite a articulação de sons. Devido a sua sensibilidade elevada é predisposta ao desenvolvimento de algums problemas.

Por vezes funções da úvula e das amígdalas são confundidas, devido à localização destes órgãos. Enquanto estes desempenham funções diferentes e não devem ser confundidos um com o outro. Por exepmlo ao filtrar o ar, as  amígdalas e a úvula não são a mesma coisa. Um par de amígdalas está localizado em ambos os lados da faringe. Enquanto a úvula é a vizinha das amígdalas. Frequentemente com uma base analógica, a úvula é considerada como a porta de vaivém, uma vez que serve como a barreira para proteger a cavidade nasal da entrada de substâncias sólidas e líquidas durante a deglutição. Dois problemas de úvula encontrados com a maior frequência são a dificuldade na deglutição e dificuldades em pronunciar soms devido ao certo desconforto implicado pela tensão. Não é de admirar que os vocalistas reverenciados cuidam das suas úvulas da mesma forma como o fazem com suas cordas vogais!

Problemas comum da úvulaUvulitis
O inchaço da úvula é diagnosticado em casos quando este órgão ultrapassar 3-5 vezes o seu seu tamanho normal. A membrana mucosa à sua volta incha e toca a língua, causando os problemas para funciomanebto normal da garganta, como asfixia ou vontade de vomitar, apesar de não estarem presentes materiais estranhos na garganta. Às vezes, o inchaço da úvula também pode causar problemas em respirar, comer e falar. Tabagismo, desidratação excessiva, irritantes inalatórios, ronco, reações alérgicas, infecção bacteriana, ou infecção viral poderiam ser algumas das razões para o inchaço da úvula.

Úvula bífida
A divisão, ou fenda da úvula causa o problema chamado úvula bífida. Em comparação com a úvula normal, úvula bífida tem menos quantidade de músculo nela. Úvula bífida, muitas vezes, pode causar problemas para os órgãos vizinhos, como ouvidos. Ao engolir a comida, o palato mole empurra-a para trás, e com a úvula bífida há possibilida que a comida entre na cavidade nasal. Neste caso o palato mole é incapaz de tocar a parte traseira da garganta durante o processo de deglutição causando assim problemas para cavidade nasal. A  úvula bífida raramente é encontrada em adultos, no entanto, é comum em crianças.

Ronco
Aqueles que têm um parceiro roncando a seu lado, sabem que o ronco não é um som agradável. No entanto, o seu parceiro não é o culpado. Ele/ela, no mínimo, não percebe que está roncando, mascontinua a ser a causa ddasua sololência na manhã seguinte. O ronco é causado se uma pessoa tiver  a sua úvula alongada. Úvula, se for alongada, é levada a vibração, o que pode ser uma das razões principais do problema do ronco nocturno.

Insuficiência velofaríngea
Em algumas pessoas, úvula não consegue cerrar completamente contra a parte traseira da garganta, o que causa insuficiência velofaríngea. Para pronunciar correctamente certos sons, como consoantes ‘b’, ‘g’, ‘t’, ‘d’ e ‘p’ a úvula deve tocar um conjunto de órgãos localizados na parte traseira bucal. Estes  incluem a língua, o palato e as amígdalas. Se isso não acontecer, então aparece a pronúncia nasal, isto é quando uma grande quantidade de ar extra sai do nariz.

Regurgitação nasal
Nós sabemos que ao engolir os alimentos, a úvula e o palato mole devem fechar a nasofaringe para evitar que os alimentos entrem na cavidade nasal. Se este processo falhar, o estado é conhecido como a regurgitação nasal. O problema é principalmente observado em pessoas que sofrem de distúrbios neuromusculares, de  myositides e de VPI.

Apnéia do sono
Uma uvula alongada também pode levar a apnéia do sono. Se o tecido desta for alongado demais a quantidade do ar que entra no espaço de velofaringe é menor. Isto poderá levar ao desenvolvimento de apneia do sono, que é tratada através da remoção cirúrgica da úvula, o procedimento cirúrgico conhecido como uvulopalatofaringoplastia (UPPP).
Tratamento✔ Se tiver problemas com a úvula é muito importante eliminá-los. Se for o caso da úvula seca seria bom umedecé-la, recuperando assim o estado de normalidade.
✔ Gargarejar com água aquecida fará bem à sua úvula. Não leve a água a ferver e não a aqueça excessivamente, para úvula não sofrer queimaduras.
✔ Você pode ser aconselhado pelo seu médico a ter gelados ou tomar uma ou duas garrafas de bebidas frescas para acalmar a sua úvula se esta for irritada. Mas somente em caso se não estiver predisposto ao desenvolvimento dos sintomas de FTF (Frio, tosse e febres) .
✔ As pastilhas para a tosse funcionam bem para aliviar a garganta, e mantê-la húmida. Caso a garganta for seca, a situação com a úvula torna-se mais grave.
✔ Reduza o consumo de alimentos que contêm grandes quantidades de gordura e carboidratos, por exemplo, batata frita, carne de aves, massas, arroz, etc
✔ O consumo de frutas e vegetais frescos deve ser aumentado. Além disso, evite os alimentos que têm alto teor de sal.
✔ Uma caneca cheia de sua bebida alcoólica favorita, com certeza, é uma proposta irresistível. Infelizmente, para lidar com um problema de úvula, você deve praticar a abstinência de álcool até melhorar. O álcool torna seca a zona da úvula e provoca irritação maior.
✔ O tabagismo também pode agravar a situação. Pare com ele por algum tempo, pois fumar em excesso retardará a recuperação da úvula.
Com essas informações à sua disposição, tente resolver a situação, e siga os métodos de tratamento. Se a condição for detectada com antecedência, não há nada de preocupante, já que os problemas podem ser tratados com facilidade.

Disclaimer: O artigo publicado aqui, destina-se para satisfazer apenasas  fins educativas. A informação, de modo algum, não pretende substituir o diagnóstico e o aconselhamento  médico.

0
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *