Aqui está a informação detalhada sobre sintomas, período de incubação e tratamento da meningite bacteriana.
0

Período de incubação bacteriana em caso de meningite

O cérebro humano e a medula espinhal são cobertos com membranas protetoras, conhecidas como meninges. A inflamação destes meninges causada por bactérias ou vírus é conhecida como a meningite. A meningite é de dois tipos; meningite bacteriana e meningite viral, causadas por bactérias e vírus, respectivamente.

Uma visão geral sobre meningite bacteriana

Entre as duas, a infecção bacteriana é considerada mais grave e até por vezes fatal, ou com risco de vida. Isto é porque a infecção faz com que os tecidos fiquem inchados. O inchaço por sua vez leva à obstrução de fluxo sanguíneo, e, consequentemente, resulta em um acidente vascular cerebral ou paralisia. Meningite bacteriana pode ser causada devido a várias bactérias como Neisseria meningitidis ou Streptococcus pneumoniae. Mas, na maior parte dos casos a doença verificou a ser causada em pacientes com o sistema imunitário deficiente ou enfraquecida e em que sofreram de traumatismo craniano ou de qualquer infecção. Lactentes e crianças são mais vulneráveis à doença, mas, também a meningite pode ser encontrada em adultos.

Os sintomas

Os sintomas notórios da meningite bacteriana são febre alta, dor de cabeça, e a rigidez do pescoço. O pescoço torna-se tão duro que a pessoa é incapaz de abaixar a cabeça. Às vezes, os sintomas complicados como enrijecimento do corpo e erupção vermelha na pele também são observados em bebês. Os outros sintomas incluem:

  • Vômitos
  • Recusa de comida em bebês
  • Diarréia
  • Sonolência
  • Dor nas articulações ou dores musculares
  • Cólicas
  • Grito choramingando em bebês
  • Convulsões
  • Inchaço da cabeça em bebês

Período de incubação

Período de incubação de bactérias causadoras de meningite refere-se ao intervalo de tempo desde o momento em que as bactérias causadoras deram a entrada no corpo, a o tempo em que o primeiro sintoma se tornou visível. Embora o tempo de incubação seja entre 2 a 10 dias, às vezes, os sintomas possam aparecer em poucas horas.

A meningite bacteriana é contagiosa?

É ligeiramente contagiosa e se propaga apenas através do contato íntimo com a pessoa infectada. A doença se espalha quando uma pessoa saudável entrar em contato com saliva ou com descargas nasais da pessoa infetada. Deve ser lembrado que esta doença não se espalha através do contato casual, como aperto de mãos ou respiração do mesmo ar com a pessoa infectada.

Tratamento

Diagnosticada a doença o tratamento deve ser feito o mais cedo possível, senão a meningite poderá ser fatal. Portanto, mesmo que apénas se suspeitam os sintomas de meningite bacteriana, é necessário contactar o médico imediatamente. Uma amostra do fluido cerebrospinal ajudará no diagnóstico da doença. O médico pode ainda aconselhá-lo a fazer os exames de sangue e de urina. Identificação da natureza das bactérias causadoras de doença é o aspecto mais importante antes do iníco do tratamento da meningite bacteriana.

Se os sintomas forem ignorados ou não forem diagnosticados na fase inicial, o paciente poderá sofrer de complicações graves. A meningite bacteriana deixada sem tratamento pode levar a insuficiência mental, a paralisia, ou até a morte. Portanto, o diagnóstico oportuno é importante para a recuperação.

Um curso de antibióticos administrados logo na fase inicial da doença ajudará a tratá-la completamente. De acordo com as estatísticas, o número de mortes ocorridas devido a esta doença é relativamente baixo. Deve-se lembrar que uma pessoa pode se recuperar desta doença, se for diagnosticada e tratada adequadamente. Existem vacinas disponíveis para prevenção de meningite bacteriana, que verificaram a ser  muito seguras e fiáveis.

Prevenção

Como já foi mencionado, a infecção se espalha através da troca de fluidos corporais, a única maneira de evitá-la é não compartilhar objetos pessoais como escovas de dentes, toalhas ou até mesmo alimentos e bebidas com as pessoas infetadas. A vacinação é um outro método eficaz na prevenção da meningite bacteriana. Crianças, adolescentes, idosos, pessoas que vivem em grandes grupos como em albergues, devem ser os primeiros a receberem a vacina. Às vezes, em certos países, surgem epidemias de meningite bacteriana. Se você está pensando em viajar, você deve ter certeza que o local da futura viagem seja livre da meningite.

Este artigo não é para ser utilizado como um substituto do tratamento médico apropriado. Consulta médica é recomendada em caso de você observar algum dos sintomas acima referidos.

0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *